16 de fevereiro de 2016

Minha função

Enquanto estudo regressão linear

Por mais simples que possa parecer a explicação do mundo inteiro por meio das relações cartesianas de duas retas em cruz, a infinidade de cada uma delas - tempo e espaço - sempre será intangível à compreensão humana.

Mas os poetas - ah, os poetas! - esses insistem em tanger o intangível, projetando o eixo da similitude (paradigmático) por sobre o eixo da contiguidade (sintagmático), segundo a teoria das funções da linguagem preconizada pelo mestre Jakobson.

Dentre as funções, ainda prefiro a melhor.

Um comentário: