5 de setembro de 2015

Os conselhos do mar

Aos marinheiros de primeira viagem.

Um barco no mar com um senhor e um homem auxiliando uma criança a subir as escadas rumo à lua. Cena do curta-metragem La Luna, da Pixar.

O mar guarda em si as histórias de todos os navegantes que já o enfrentaram. Bons e maus, bem e mal sucedidos. De distintas épocas e diferentes destinos: em cada onda, em cada gota, uma lição.

No barco da vida,
os conselhos são o mar. 

Sem o mar,
o barco não sai do lugar. 

O bom navegador ouve cada história com muito respeito, atenção, sensibilidade e humildade. Conduz seu barco com firmeza e senso de direção, principalmente em meio às tormentas. Não se encanta com o canto das sereias, nem se desespera com o estrondo dos trovões. Garante que nenhum furo ou ventania deixará a água do mar se intrometer a ponto de o fazer naufragar. E entende, pelas próprias histórias que ouve, e que vai vivendo, que o mar é inevitável, às vezes traiçoeiro, mas sempre essencial.

Um comentário:

  1. Engraçado que acabei de falar o canto da sereia em meu post agorinha mesmo!
    Acho que estou aprendendo a navegar =) !

    ResponderExcluir