A Sombra

Ao amigo Acacio Batista.

Inquieto pelo que havia acontecido, Gregor Samsa passou a esconder-se nos sombrios vãos dos móveis da casa, enquanto eu, pela falta da luz que me dava vida, já nem vivia: virei mero componente da sombra existente há anos naquela escrivaninha, tal como história abandonada pelo escritor que envelhece.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por meio do através

Roi

Promessa