16 de julho de 2013

Não basta cortar o mal pela raiz

Não basta cortar o mal pela raiz; é preciso desenraizá-lo e, em seu lugar, plantar, cultivar e colher o bem.

Basta, portanto, a sorte do solo fértil, a recompensa do plantio bem feito e a bênção da chuva divina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário