24 de junho de 2013

Não só [, mas também]

Prato cheio aos analistas do discurso (ou a qualquer cidadão minimamente sensato):
« "Nós [a Fifa] não estamos aqui só para encher os bolsos e sair do país", afirmou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke. Em seguida, ele acrescentou: "Sempre se pode fazer mais. (...)" » (matéria do UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário