Aforismos

Hei de ter dois tipos de críticos: um que apontará minha mania de utilizar dois-pontos e ponto-e-vírgula; outro que apontará minha mania de dividir tudo em dois tipos.

No entanto, nenhum deles será tão assertivo quanto aquele que apontar minha mania de, sistematicamente, começar sempre negando uma coisa verossímil para, logo em seguida, afirmar com convicção algo menos superficial.

Ou ainda: minha mania de exemplificar com metáforas como quem arranca uma planta da terra para, em seguida, propor o jeito certo de plantá-la e cultivá-la.

Literalmente, pelo menos até aqui, é assim que penso e, sobretudo, é assim que escrevo.

Pura diversão!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por meio do através

Roi

Promessa