12 de maio de 2012

O Tempo

Sempre concordei com quem diz que "o tempo" é o culpado das ausências: sentimos falta (presente) daquilo que já vivemos (passado) e/ou daquilo que almejamos viver (futuro). O problema é que, em plena época de profunda "falta de tempo", as ausências de pessoas e momentos insistem em permanecer, talvez até em maior grau. Assim, já não sei se a culpa é do tempo, ou da falta dele, ou simplesmente de cada um de nós.

Um comentário:

  1. "O homem comum não sabe o que fazer da vida e no entanto deseja outra que durará para sempre (Anatole France)

    ResponderExcluir