31 de julho de 2010

O Poder das Palavras

A formiga carregava um pesado fardo de folhas quando deparou-se com a cigarra, cantando toda sorridente. A cigarra, vendo a expressão cansada e silenciosa da amiga, decidiu ajudar. Filosofou poeticamente um monte de palavras de ânimo e arrematou com ar de sabedoria:

- Oh, formiga, são as palavras que sustentam o céu!

A formiga bufou e perguntou se as palavras poderiam, então, ajudar a carregar pelo menos uma mísera folhinha.