28 de maio de 2010

Duas Janelas

"É só quando amo que consigo olhar, ao mesmo tempo, por duas janelas que não se confundem, a minha e a de meu amado. A estranha experiência ótica faz com que os amantes reconstruam o mundo, enxergando coisas que ficam escondidas para quem só sabe olhar por uma janela."

CALLIGARIS, Contardo. In: A coragem do amor que dura.

2 comentários: