Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

=-]

Imagem

É o rio

Daí existem aqueles momentos em que ficamos confusos, perdidos, mergulhados em um rio de alegria e medo. Nessas horas, quem navega sobre esse rio, apesar de nem saber para onde viaja, pode gritar lá de cima o quanto é normal, passageiro e bom estarmos assim. Por mais verdadeiro que seja, isso não salva o mergulhador, principalmente se esse não sabe nadar. O pior é que esse mergulhador que não sabe nadar provavelmente caiu lá do barco lá em cima. O problema não está em quem está sob ou sobre o rio. O problema é o rio.

Prosseguimento

Raros são os que diante de textos complexos como este prosseguem na leitura. Há de se ter um quê de coragem, fé e ousadia ao ultrapassar a superficialidade do primeiro parágrafo à espera de motivos para investir o precioso e escasso tempo.

De tal modo são também raros aqueles que buscam ultrapassar minha superficial capa de timidez, simpatia, nerdice, estranheza e complexidade. Não que me entendam completamente ou que concordem com tudo o que eu penso, falo ou faço. É que talvez surjam exatamente dessas incompreensões e discordâncias as melhores conversas, os melhores conselhos, os melhores momentos, os melhores silêncios. É que talvez seja nessa troca que se construa e se fortaleça a relação familiar, as amizades, o namoro e tudo o mais que me (nos) ergue e sustenta. É que talvez todas essas pessoas metonimicamente citadas tenham um quê de coragem, fé e ousadia, não apenas por ultrapassarem minha superficialidade, mas também por adentrarem e atuarem nesse meu universo inescrevível po…